Como a computação pode combater a discriminação algorítmica
10-22, 15:05–15:50 (America/Manaus), Aruanã - Vasco Vasquez

Esta palestra apresenta uma discussão sobre quais os papéis da computação no combate à discriminação algorítmica e construção de um imaginário tecnológico diverso e inclusivo.


Tabela
- sobre mim (2min)
- introdução ao problema e casos de discriminação algorítmica (10min)
- opacidade algorítmica e o problema da transparência (5min)
- apresentar o ciclo de vida de um modelo de aprendizado de máquina. a partir do ciclo, destacar os potenciais preconceitos que podem ser sistematizados e demonstar como decisões humanas se tornam parte da tecnologia (10min)
- A (im)possibilidade de justiça algorítmica: os desafios em criar algoritmos justos e codificar valores subjetivos (5min)
- teoria critica de tecnologia e o papel da computação para o futuro tecnológico (5min)

Link: https://www.youtube.com/watch?v=eMaAK3Olxh0

See also: slides (2.2 MB)

Carla é mestranda em Inteligência Artificial pela USP e engenheira de software. Foi reconhecida como Google Developer Expert em Machine Learning e como uma das Rising Stars Women in AI Ethics.